River e Boca se enfrentam na Bombonera - AFP
River e Boca se enfrentam na BomboneraAFP
Por O Dia
Rio - Buenos Aires vai parar mais uma vez. Nesta terça-feira, os maiores rivais da Argentina e finalistas da última edição da Libertadores, River Plate e Boca Juniors se reencontram pela competição mais importante do continente, desta vez pela semifinal. Quem passar, será o adversário de Grêmio ou Flamengo na grande decisão. Pela primeira vez na história, a final será jogada em jogo único, em Santiago, do Chile, no dia 23 de novembro.
No ano passado, a final teve que ser realizada no Santiago Bernanbéu, em Madrid, na Espanha, devido à insegurança. Na ocasião, o ônibus do Boca foi apedrejado quando chegava ao Monumental. Jogadores ficaram feridos e a finalíssima foi transferida para Madri.
Publicidade
Pelo lado do atual campeão da Libertadores, River Plate passou por poucas mudanças no estilo de jogo da equipe e a manutenção do técnico de Marcelo Gallardo, um dois maiores ídolos da história do clube. Uma estátua gigante está sendo feita em sua homenagem. 
Em clima de revanche, o Boca chega com um elenco bem diferente do ano passado. A começar pela mudança no comando técnico. Gustavo Alfaro assumiu o comando do time no lugar de Schelotto e vem com uma mentalidade mais defensiva do que seu antecessor.
Publicidade
Os brasileiros começam a disputa pela outra semifinal, nesta quarta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, às 21h30. O jogo de volta acontece no dia 23 de outubro, no Maracanã, no mesmo horário. Vale lembrar que, diferentemente da Copa do Brasil, o gol marcado fora de casa ainda é válido como critério de desempate.