Sabia dessa? Maior ídolo da Argentina, Maradona quase jogou por time brasileiro

Por muito pouco o craque argentino não veio parar no futebol brasileiro; entenda a história:

Por O Dia

Maradona na Copa de 1986
Maradona na Copa de 1986 -
Rio - A cada janela de transferências, as especulações sobre o destino dos grandes jogadores do futebol mundial tomam contam do noticiário esportivo. Alguns negócios acontecem, outros não. Em 1982, um ainda jovem Maradona esteve perto de reforçar a Portuguesa-SP, mas a transação acabou entrando para o clube dos "quase".

Em entrevista ao programa “Bola da Vez”, da "ESPN" Juan Figer, primeiro empresário de jogadores credenciado pela Fifa e representante de Diego Maradona na época, falou sobre essa história.

"O Argentinos Juniors precisava vender Maradona para cobrir necessidades urgentes", iniciou o Juan, emendando na sequência:

"O presidente, na época, aceitou receber uma oferta de 300 mil dólares. Eu tinha uma boa amizade com Manuel Gregório, presidente da Portuguesa na época. E ofereci o jogador para ele. Falei: "É um júnior que joga um pouco mais do que o normal e custa 300 mil dólares".
Maior ídolo do futebol argentino, Maradona festeja gol sobre a Inglaterra na Copa de 1986 - Ap Photo/Estadão Conteúdo
No entanto, a compra que parece óbvia nos dias de hoje, levando em consideração todos os feitos atingidos pelo craque argentino, não era um negócio tão seguro na época. Aos 21 anos, Maradona já havia mostrado o seu potencial em jogos do Campeonato Argentino, mas ainda era uma promessa.

Além disso, os 300 mil dólares pedidos, valiam 21,15 milhões de Cruzeiros Reais, algo em torno de R$ 2,5 milhões nos dias de hoje.

Figer deu ainda mais detalhes sobre o motivo da negociação não ter sido concretizada.

"Ele (Manuel) não se animou a colocar esse dinheiro, a Portuguesa não tinha dinheiro. Não se animou a fazer essa aposta. São coisas que acontecem no futebol. Foi uma pena, porque ele seria aqui no Brasil, penso eu, o mesmo jogador que foi no Argentinos e no Boca Juniors”, finalizou.

Com isso, Maradona acabou sendo vendido para o Boca Juniors, time que defendeu entre 1981 e 1982, antes de se transferir para o futebol europeu, onde atuou inicialmente pelo Barcelona. Depois da passagem pelo clube catalão, Diego também vestiu as camisas de Napoli, Sevilla , antes de voltar para Argentina, onde atuou por Newell's Old Boys e, novamente, Boca Juniors.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Maradona na Copa de 1986 Reprodução Instagram
Maior ídolo do futebol argentino, Maradona festeja gol sobre a Inglaterra na Copa de 1986 Ap Photo/Estadão Conteúdo

Comentários