Empate com sabor de derrota

Vasco faz 1 a 0 e domina o Goiás, mas leva gol contra de Henríquez aos 52 do 2º tempo

Por

O atacante Ribamar lamenta uma das boas chances de gol que desperdiçou durante o segundo tempo
O atacante Ribamar lamenta uma das boas chances de gol que desperdiçou durante o segundo tempo -

Tinha tudo para ser uma noite perfeita em São Januário. Tinha. O Vasco saiu na frente do Goiás ontem, em São Januário, e dominou o jogo mas, nos acréscimos, cedeu o empate, para desespero da torcida. Guarín e Oswlado Henríquez, contra, marcaram os gols.

O triunfo servia para livrar matematicamente a equipe do rebaixamento e, de quebra, a deixaria mais perto da área de classificação para a Libertadores, uma vez que, se o Flamengo levantar o caneco sul-americano no próximo sábado, o atual G-7 passa a ser G-8.

Como já jogou pela 34ª rodada — o clássico com o Rubro-Negro (4 a 4, semana passada, em partida adiantada por causa da final da Liberta) —, o Vasco só volta a campo agora no próximo dia 28, contra o São Paulo, no Morumbi.

Sem colocar muita fé no Esmeraldino, o Vasco começou o primeiro tempo meio devagar, travadão. E levou um baita susto quando Rafinha acertou um lindo chute de fora da área no travessão de Fernando Miguel. O Vasco, então, acordou. Aos 34 minutos, Cáceres mandou para a área, Marrony desviou de cabeça, e em lance enrolado Guarín marcou.

Na etapa complementar, o caldo só não entornou porque o Árbitro de Vídeo pegou falta de Rafael Moura em Guarín e anulou aquele que seria o gol de empate dos visitantes. Quando a torcida já festejava mais três pontos, o Goiás conseguiu estragar a noite do Vasco. Nos acréscimos, aos 51 minutos, o zagueiro Oswaldo Henríquez foi afastar uma bola da área e mandou contra o patrimônio para silenciar a Colina.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários