Com argentinos em alta, Neymar e Mbappé estariam disputando última vaga de titular do PSG

Brasileiro teve atuação discreta na vitória por 2 a 0 sobre o Lille, em seu retorno a equipe principal

Por O Dia

Neymar e Mbappé
Neymar e Mbappé -
Rio - Longe de estarem em forma, Neymar e Mbappé estariam disputando última vaga de titular do PSG na partida contra o Real Madrid, nesta quarta-feira, no Santiago Bernanbéu, válido pela fase de grupos da Champions League 2019-20. Após retornar aos gramados, o brasileiro teve atuação discreta na vitória sobre o Lille, por 2 a 0, e pode ficar no banco de reservas contra os Merengues.
O principal motivo para a ausência de um dos craques entre os titulares, além de ambos deixarem de ser unanimidade, a dupla de argentinos Di Maria e Icardi, atualmente, são considerados insubstituíveis no PSG. Vale lembrar que na última partida, quando retornava a equipe, Neymar começou como titular e foi substituído por Mbappé aos 20 minutos do segundo tempo.
Outro problema que pode interferir a presença da dupla Neymar e Mbappé, é que o técnico do PSG, Thomas Tuchel e o elenco estão satisfeitos com o sucesso da nova formação. Nela, o brasileiro e o francês disputariam a posição no ataque aberto pela esquerda, enquanto Di Maria ocupa o lado direito e Icardi como centroavante.
"Sim, todas as coisas são possíveis, porque isso não?", disse Tuchel quando perguntado se Neymar pode começar a partida contra o Real Madrid no banco de reservas.
Capitão do PSG, Thiago Silva afirmou que o elenco se acostumou com essa formação e dificilmente irá mudar. Apesar de dizer que o grupo fica mais ofensivo com Neymar, o zagueiro também garantiu que a equipe encontrou um equilíbrio, com ou sem o camisa 10.
"A gente tem uma forma e maneira de jogar que dificilmente a gente muda. Claro que em determinados momentos do jogo, em função da qualidade de alguns, a gente consegue variar. Com ou sem Neymar, a gente encontrou um equilíbrio. Mas, claro que com ele ficamos mais fortes no aspecto ofensivo por conta de sua qualidade", destacou o capitão Thiago Silva.

Comentários