Rabello foi preso por porte ilegal de arma, mas pagou fiança - Divulgação
Rabello foi preso por porte ilegal de arma, mas pagou fiançaDivulgação
Por O Dia
Rio - O ex-presidente da comissão de arbitragem da Federação de Futebol do Rio (Ferj), Jorge Rabello foi preso na manhã desta quarta-feira, após operação realizada pelo Núcleo de Investigação à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (NIC-LD) da Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ele acabou preso em flagrante durante a busca em seu endereço no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro, por posse ilegal de arma de fogo. As informações são do "globoesporte.com".
Rabello presidiu a entidade por mais de uma década. No seu apartamento, foram apreendidos documentos, equipamentos eletrônicos e um revólver calibre 38 com munições. Ao total, são 13 mandados de busca e apreensão por suspeitas de organização criminosa, falsidade ideológica e de lavagem de dinheiro. A operação foi chamada de "Cartão Vermelho" e atingiu diversos endereços relacionados à cúpula da arbitragem carioca.
Publicidade
Rabello e outros dois suspeitos que trabalhavam no Sindicato dos Árbitros Profissionais do Estado do Rio de Janeiro (Saperj) e na Cooperativa de Árbitros de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Coopaferj) tiveram seus sigilos bancário e fiscal quebrados pela 19ª Vara Criminal.