Thiago Monteiro começa bem, mas sofre virada para húngaro e se despede do Rio Open

Número 1 do Brasil perde grande chance de ir longe na competição

Por Lucas Oliveira

Thiago Monteiro
Thiago Monteiro -
Rio - Thiago Monteiro está eliminado do Rio Open. Após boa estreia no torneio, o brasileiro foi derrotado pelo húngaro Attila Balazs (106º do ranking) por 2 sets a 1, parciais de 1/6, 6/1 e 6/4, em 1h53, nesta quarta-feira. Com o resultado, o cearense repete a campanha de 2019. Classificado, Balazs encara o espanhol Pedro Martinez nas quartas de final do ATP 500 do Rio de Janeiro.

O primeiro set foi completamente dominado por Thiago Monteiro. Sacando firme e sólido nas trocas de bola, o brasileiro não deu chances a Balazs e emplacou três quebras de saque seguidas para vencer o primeiro set por 6/1, em apenas 31 minutos.

No segundo set, os tenistas inverteram os papéis. Precisando reagir no jogo para se manter vivo no torneio, Balazs voltou dominando as ações do confronto. Abusando dos erros, Thiago Monteiro viu o húngaro conquistar três breaks para devolver o 6/1 e empatar o jogo.

O terceiro e decisivo set foi o mais equilibrado do confronto, com os tenistas oferecendo poucas chances em seus games de saque. A primeira quebra da parcial veio apenas no sexto game, quando Balazs emplacou uma sequência de bons golpes e abriu 4/2. Na sequência, o húngaro conseguiu segurar a vantagem para selar a vitória por 6/4.

Nas quartas de final do Aberto do Rio de Janeiro, Attila Balazs enfrenta o espanhol Pedro Martinez (133º do ranking), que venceu o compatriota Pablo Andújar (59º) por 6/1 e 6/4, em 1h27. O duelo que define um dos semifinalistas acontece na próxima sexta-feira e o horário ainda não foi divulgado pela organização do torneio.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários