Assim como o Pacaembu, em São Paulo, e o Getúlio Vargas, em Fortaleza, Maracanã deverá abrigar doentes - Reginaldo Pimenta
Assim como o Pacaembu, em São Paulo, e o Getúlio Vargas, em Fortaleza, Maracanã deverá abrigar doentesReginaldo Pimenta
Por O Dia
Rio - A pandemia do coronavírus segue afetando diversos eventos no Rio de Janeiro. Com isso, a maioria dos jogadores do futebol não se sentem à vontade de entrar em campo, como Jorge Jesus revelou em entrevista após a vitória do Flamengo, no último sábado. Os quatro times que jogarão neste domingo pelo Campeonato Carioca vão expor tudo isso em protesto.
Os jogadores de Bangu, Botafogo, Fluminense e Vasco vão tampar a boca com uma das mãos antes e durante os dois jogos desta tarde. O gesto será repetido na entrada em campo, no cara ou coroa e em eventuais comemorações de gols.

Botafogo e Bangu jogam neste domingo, ás 16h, no Nilton Santos. O clássico entre Vasco e Fluminense será logo depois, às 18h, no Maracanã.