América-MG decide pagar salários referentes a março de forma integral

A diretoria do Coelho já comunicou aos jogadores da decisão de não reduzir os vencimentos desde mês, que vencerão no começo de abril

Por Venê Casagrande

Paulo Bracks e Marcus Salum durante coletiva de imprensa
Paulo Bracks e Marcus Salum durante coletiva de imprensa -
O América-MG decidiu pagar os salários dos jogadores referentes a março - mês em que o futebol brasileiro ficou parado por conta da pandemia do novo coronavírus - serão pagos de maneira integral, sem redução, como será feito no Atlético-MG e no Fortaleza, clubes que optaram pelo corte de 25%.
A decisão foi institucional e passou pela aprovação de todo o Conselho de Administração, que é presidido por Marcos Salum, e da Superintengência Geral, gerida por Paulo Assis. Então é uma definição que vale para todo o clube e não foi exclusiva da diretoria de futebol do América-MG.
Os jogadores já foram comunicados e gostaram da atitude do América-MG, que fez todo o esforço para que os salários dos atletas não fossem reduzidos. O diretor executivo de futebol Paulo Bracks teve duas reuniões, através de videoconferência, para passar a eles a decisão que o Coelho havia tomado.
O América-MG concedeu férias ao elenco profissional de 20 dias, que começam no dia 1 e vai até 20 de abril. Os jogadores, portanto, devem se reapresentar no dia 21 de abril, caso o cenário da pandemia do novo coronavírus esteja melhor.

Comentários