Jogador é condenado a prisão domiciliar após violar toque de recolher

Ele estava conversando em um lobby de hotel

Por O Dia

Aleksandar Prijovic
Aleksandar Prijovic -
Rio - O atacante sérvio Aleksandar Prijovic, de 29 anos, que atua pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita, foi condenado a 3 meses de prisão domiciliar, após violar no último sábado, o toque de recolher do seu país, cujo tem como intenção diminuir a propagação do novo coronavírus.
Ele e mais 19 pessoas estavam em um lobby de um hotel conversando. O jogador foi julgado no mesmo dia, por vídeo conferência, em Belgrado, na Sérvia e foi julgado culpado.
Atualmente, na Sérvia existem 1.624 casos confirmados de coronavírus e 44 mortes.

Comentários