Vídeo: após 32 dias, Ronaldinho deixa prisão no Paraguai

Ex-jogador passará ao regime domiciliar e ficará preso em um hotel

Por O Dia

Ronaldinho Gaúcho
Ronaldinho Gaúcho -
Paraguai - Após 32 dias, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Roberto Assis, deixaram a cadeia em Assunção, no Paraguai, nesta terça-feira. Os dois conseguiram o direito de aguardar o julgamento em prisão domiciliar.
Na saída, Ronaldinho chegou a autografar uma camisa do Grêmio e agradeceu pelo carinho que recebeu enquanto esteve preso. A cena foi registrada pela emissora El Larguero.
"Obrigado pelo carinho e pelas orações. Muito obrigado", declarou.

Comentários