Ferj - Isabelle Costa/Coluna do Fla
FerjIsabelle Costa/Coluna do Fla
Por Venê Casagrande
Rio - Os clubes da Série A do Campeonato Carioca ainda não aceitaram a decisão da Rede Globo de suspender a quarta cota referente ao direito de transmissão. Depois de enviarem uma carta pedindo para a emissora voltar atrás e receber uma negativa, os presidentes decidiram, nesta sexta-feira, em reunião por videoconferência com Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), enviar uma contra-notificação.
No entendimento dos clubes, há uma cláusula em contrato com a Rede Globo que exige o pagamento das quatro cotas, nos dias 05/01, 05/02, 05/03 e 05/04, independentemente de quando os jogos do Campeonato Carioca 2020 sejam disputados. Vale ressaltar que o Flamengo, único time a não fazer acordo com a emissora, não está sendo afetado, mas, nos bastidores, apoia as demais instituições.
Publicidade
Para suspender o pagamento, a Rede Globo alegou 'crise' e 'dificuldades' durante o período da pandemia do novo coronavírus. A reportagem teve acesso ao documento enviado pela emissora à Federação do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) nos últimos dias. Veja abaixo um dos trechos:
"Todos temos sofrido graves impactos em nossas atividades, o que provoca um efeito em cadeia sobre todas as atividades econômicas. Foi necessária a suspensão do pagamento de parcelas contratuais de algumas competições que foram interrompidas ou adiadas e que ainda não têm data nem formato definido para voltar a acontecer. Cada caso está sendo tratado com bastante cautela de acordo com as suas especificidades. Não é uma situação ideal, mas não nos resta alternativa, diante das dificuldades pelas quais a própria Globo vem passando durante a crise"
Publicidade