Campeão do mundo abre mão de quatro meses de salário para ajudar funcionários do clube em meio à pandemia

Meia recebe cerca de R$ 3 milhões mensais

Por O Dia

Messi, Fàbregas e Suárez curtindo as férias
Messi, Fàbregas e Suárez curtindo as férias -
Rio - Em meio a paralisação do futebol mundial devido à pandemia do novo coronavírus, muitos jogadores estão abrindo mão de parte de seus salários para ajudar funcionários do clube e da saúde. No entanto, o meio-campista Cesc Fàbregas foi além e tomou uma nobre atitude. O espanhol, que atualmente atua no Mônaco, confirmou que abrirá mão de 100% do seu salário durante quatro meses para ajudar os funcionários do clube francês.
Fàbregas recebe aproximadamente R$ 3 milhões mensais. Ou seja, nesse período, o jogador vai abrir mão de receber R$ 12 milhões para ajudar os que mais precisam, principalmente em meio à crise financeira gerada pela Covid-19.
Além disso, Fàbregas também arcará com os 30% descontados dos salários dos funcionários, garantindo que não haverá redução salarial durante todo o período de paralisação devido à pandemia.

Comentários