Lim Hyo-jun - AFP
Lim Hyo-junAFP
Por O Dia
Rio - O patinador Lim Hyo-jun, medalhista de ouro nas Olimpíadas de Inverno, foi condenado pela Justiça da Coreia do Sul por crime sexual após abaixar as calças de um colega na frente de mulheres. Ele terá que pagar multa de 2,5 mil dólares e será obrigado a fazer 40 horas de terapia.
O fato aconteceu em meados de 2019. Na ocasião, uma câmera flagrou Hyo-jun puxando a calça do colega no no centro de treinamento de patinação velocidade em pista curta, em Jincheon, onde treina a seleção da Coreia do Sul. Na ocasião, a federação coreana chegou a suspender por um mês 14 atletas. Posteriormente, Hyo-jun teve sua suspensão ampliada para um ano.
Publicidade
O patinador pediu desculpas pelo ato e garantiu que jamais teve a intenção de assediar sexualmente seu companheiro de equipe, dizendo se tratar apenas de uma brincadeira.