Presidente Jair Bolsonaro - AFP
Presidente Jair BolsonaroAFP
Por Lance
Rio - Ídolo por onde passou, Fernando Prass, ex-Vasco e Palmeiras, foi direto ao criticar o retorno do futebol nacional enquanto o país busca isolamento social em decorrência da pandemia de coronavírus. Atualmente vestindo a camisa do Ceará, o goleiro não gostou da defesa do Governo Federal pela volta do esporte.
No país, mais de 12 mil mortes já foram confirmadas como causadas pela COVID-19, totalizando mais de 4.290 falecimentos pelo mundo. Segundo dados oficiais do Ministério da Saúde desta terça-feira, mais de 177 mil brasileiros já foram diagnosticados com a doença, sendo o sétimo país no mundo com mais casos confirmados.
Publicidade
"Os governos estaduais e municipais, todos, dando parecer contrário à, neste momento, volta dos esportes. Em relação aqui a Fortaleza, acho que é muito nítido que não tem condições, né?! No Rio Grande do Sul, que tinha 10 vezes menos mortes que o Ceará, os clubes retornaram e agora foi vedado de novo o treino, mesmo que naquele esquema de distanciamento dos atletas. Então como é que o Governo Federal vem e dá um parecer favorável à volta do futebol? É uma coisa meio estranha e completamente, na minha visão, descabida", disse ao 'Globoesporte.com'