Narrador da Globo cobra 'responsabilidade' em retorno: 'Todos nós estamos ligados a pandemia'

Narrador questionou retorno do futebol durante a pandemia do novo coronavírus e pediu "juízo" ao Conselho Arbitral da Ferj

Por O Dia

Narrador Luis Roberto, do Grupo Globo
Narrador Luis Roberto, do Grupo Globo -
Rio - A possível volta do Campeonato Carioca incomodou Luís Roberto. Durante o Redação SporTV desta segunda-feira, o narrador questionou a volta da modalidade durante a pandemia de coronavírus e pediu "juízo" ao Conselho Arbitral da Ferj, que se reúne virtualmente com os clubes da Série A nesta tarde.
Sem questionar o protocolo para a retomada das atividades, Luís Roberto pediu responsabilidade aos envolvidos. Vale lembrar que, para o Carioca voltar, há ainda alguns pontos a serem discutidos, como alinhamento do protocolo de segurança e autorização da Secretaria Estadual de Saúde.
"Ninguém está discutindo o tal do protocolo do futebol. Se você pegar o papel, ele está legal. Pode funcionar perfeitamente. Só que o futebol é simbólico, faz parte do contexto. Como você quer entregar entretenimento para as pessoas no meio de uma profusão de gente morrendo? Todos nós temos alguém por perto que morreu. (...) Todos nós estamos ligados diretamente à pandemia", disse o locutor, que recordou a invasão a hospitais no fim de semana:
"A história de invadir hospitais no fim de semana... O que é isso? Então, sinceramente, eu só gostaria que o futebol tivesse responsabilidade. O futebol vai voltar. Se a gente voltar na hora certa, a gente volta consistente, como está acontecendo na Alemanha. A gente volta sem casos. A gente volta com as pessoas respeitando minimamente a questão da saúde, que é número um".
Por fim, o Luís Roberto pediu "juízo" na reunião de logo mais:
"Juízo no Conselho Arbitral! Ninguém discute o protocolo, que os testes estão funcionando, que os clubes são responsáveis. (...) Eu ainda sonho que teremos responsabilidade no trato desta volta", concluiu.
 
 

Comentários