Neymar - AFP
NeymarAFP
Por O Dia
Rio - Mesmo classificado para a final da Liga dos Campeões, Neymar foi um dos jogadores do futebol europeu que mais sofreu desvalorização com a crise causada pelo novo coronavírus. De acordo com estudo feito pelo site SafeBettingSites, o brasileiro teve uma queda de 32 milhões de euros no seu valor de mercado. O líder do ranking é o belga Eden Hazard, que passou de 120 para 80 milhões de euros.
Publicidade
Neymar, que valia cerca de 160 milhões de euros em dezembro do ano passado, atualmente gira em torno de 128 milhões de euros. O brasileiro permanece como o segundo jogador mais caro do mundo, atrás apenas do seu companheiro de PSG, o francês Kylian Mbappé, que valia 200 milhões e agora tem valor estimado em 180 milhões de euros.
Empatado com o brasileiro na segunda posição do ranking, o inglês Rasheem Sterling , do Manchester City, também caiu 32 milhões de euros e tem o mesmo valor de mercado do brasileiro. Sadio Mané e Mohamed Salah, ambos do Liverpool, tiveram 30 milhões de euro de desvalorização.