Presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez: novidades na Sula - Norberto DUARTE / AFP
Presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez: novidades na SulaNorberto DUARTE / AFP
Por O Dia
Rio - Ainda sem uma definição, após a rescisão da Rede Globo e da Dazn, a Conmebol segue buscando formas de conseguir meios de transmitir a Libertadores e a Sul-Americana para o Brasil em 2020. De acordo com informações do portal "UOL", a entidade agendou conversas com o Facebook, o YouTube e a Amazon para conversar principalmente sobre os direitos da Copa Sul-Americana para o país. Mas jogos da Libertadores estarão na pauta.
Publicidade
A Rede Globo rescindiu o contrato da Libertadores há algumas semanas por conta da pandemia de Covid-19. Enquanto isso, pelo mesmo motivo, a Dazn também encerrou o seu vínculo para transmitir a Sul-Americana. O motivo também foi a pandemia de Covid-19.
A Libertadores retorna no próximo dia 15, enquanto a Sul-Americana irá voltar a ser disputada em outubro.  A ideia da Conmebol é reforçar a presença digital das competições e aproveitar o aporte financeiro que as gigantes da comunicação podem dar no torneio.