Bruno terá que se adequar a metodologia da Justiça no Acre - Reprodução
Bruno terá que se adequar a metodologia da Justiça no AcreReprodução
Por O Dia
Rio - A carreira do goleiro Bruno ficou marcada após ser condenado por homicídio triplamente qualificado e sequestro da ex-namorada Eliza Samudio. Ainda que tenha passado por isso, o atleta garante que dorme com a cabeça tranquila e que não precisa do perdão de ninguém. 
Publicidade
"Não (devo pedir perdão a ninguém). Todos que já pedi perdão me perdoaram, então durmo com a consciência tranquila", disse ao programa Conexão Repórter do SBT.
10 anos após o acontecimento, Bruno está cumprindo regime semiaberto e atualmente está defendendo o Rio Branco, do Acre, que disputa a Série D do Campeonato Brasileiro. 
Publicidade
 
 
Publicidade