Ex-presidente do Olimpia, Marco Antonio Trovato Villalba é culpado por manipulação de partidas e falta de cooperação ao longo das investigações - Divulgação
Ex-presidente do Olimpia, Marco Antonio Trovato Villalba é culpado por manipulação de partidas e falta de cooperação ao longo das investigaçõesDivulgação
Por O Dia
Rio - O Comitê Disciplinar da FIFA suspendeu nesta segunda-feira o atual presidente do Olímpia-PAR, Marco Antonio Trovato, por manipulação de partidas e de não cumprimento de colaboração durante o processo disciplinar. A entidade máxima do futebol puniu o dirigente com a proibição vitalícia de todas as atividades relacionadas ao futebol e aplicou uma multa de aproximadamente R$ 600 mil. A decisão foi divulgada no site oficial da entidade.
SAIBA TUDO SOBRE O MUNDO DOS ESPORTES
Publicidade
"O Comitê Disciplinar da Fifa considerou que o Sr. Trovato Villalba violou o art. 18 do Código Disciplinar da Fifa (manipulação de jogos e competições), bem como com sua obrigação de cooperar durante o procedimento disciplinar, conforme previsto no art. 20 do Código Disciplinar da Fifa", disse a entidade, em comunicado.
A manipulação está relacionada a uma série de partidas que aconteceram entre 2018 e 2019, enquanto ele era presidente do clube. Em sua decisão, o Comitê Disciplinar da entidade determinou que Trovato violou o artigo 18 do Código Disciplinar da FIFA (Manipulação de jogos e competições de futebol) e o artigo 20 (Dever de colaboração).
Publicidade
Trovato pode recorrer a decisão no Comitê de Apelação da FIFA e posteriormente na Corte Arbitral do Esporte (CAS). Neste momento, o ex-mandatário está afastado de todas as atividades relacionadas ao futebol.