Por

Ídolo do Flamengo na década de 1960 e com passagens por Corinthians, Vasco e Racing, da Argentina, o ex-atacante Silva Batuta morreu ontem, aos 80 anos. Com covid-19, ele estava internado no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, mas a causa da morte não foi revelada.

Silva marcou época no Flamengo: foram 70 gols em 132 jogos e os títulos do Carioca (1965) e do Torneio Internacional do Marrocos (1968). Zico homenageou o ex-jogador: "Silva deu muitas alegrias ao torcedor e vai estar sempre no coração de todo rubro-negro".

Você pode gostar
Comentários