Casagrande  - Reprodução
Casagrande Reprodução
Por O Dia
Rio - Na visão de Walter Casagrande, comentarista do Grupo Globo, Cássio não deveria ter retornado ao gol na partida contra o Flamengo, que terminou 5 a 1 para a equipe Rubro-negra, na tarde do último domingo. Para o comentarista, Vágner Mancini, técnico do Corinthians, colocou o atleta em uma roubada e transferiu a culpa para goleiro.
Publicidade
"Tinha que ter continuado com o Walter. O Cássio não falhou nos gols hoje. O Cássio não estava bem, assim como o time não estava bem. O reserva está bem, tem que continuar jogando. Não dá para colocar o Cássio, maior goleiro da história do clube, em uma roubada dessa. Ele pode ficar marcado. O Cássio merece mais respeito. O Walter, entusiasmado, tinha que ser titular", disse Casagrande durante a transmissão da partida na TV Globo. 
"Foi uma falta de sensibilidade, uma transferência de responsabilidade absurda escalar o Cássio como titular. É muito cômodo escalar um ídolo que não estava sem jogar contra o Flamengo, falar que escalou o melhor e passar a responsabilidade. O Cássio merece mais respeito. Faltou sensibilidade", continuou o comentarista. 
Publicidade
O ex-jogador também criticou a declaração feita pelo treinador ao fim da partida na qual diz que o time precisa ter "cara de Corinthians". Para Casão, esse tipo de frase só é usada após uma vitória e questionou a forma que o time jogou.
"Não dá para tapar o sol com a peneira. Jogou muito mal na quarta-feira e o Walter salvou o time. Quarta foi a cara do Corinthians, e hoje? Não foi? Não ia dar para continuar ganhando do jeito que jogou contra o Athletico Paranaense. Não tem que ter filosofia de jogo, essas coisas de futebol. Para sair dessa situação, é trabalho, é melhorar o futebol", acrescentou.