Bicampeã olímpica, Fabiana será uma sentida ausência nos Jogos de Tóquio  - Divulgação/FIVB
Bicampeã olímpica, Fabiana será uma sentida ausência nos Jogos de Tóquio Divulgação/FIVB
Por O Dia
São Paulo - Dividida entre o sonho de ser mãe e de buscar a terceira medalha de ouro olímpica, nos Jogos de Tóquio, Fabiana encerrou o mistério com o anúncio da desejada gravidez. Aos 35 anos, a central confirmou que trocará o status de capitã da seleção feminina de vôlei pelo o de mamãe. Ao lado do marido,o compositor Vinícius de Paula, filho do cantor e político Netinho de Paula, ela revelou a novidade.
"Há muito tempo venho adiando uma decisão importante. Sou jogadora desde os 14 anos e vivo nesse ritmo frenético de competições, clubes, seleção e viagens, sem parar. As realizações pessoais sempre ficaram de lado, mas chegou o momento. Uma nova e melhor fase da nossa vida está começando... AGORA SOMOS 3! Vocês não sabem o tanto que nós sonhamos com isso", postou Fabiana no Instagram.
Publicidade
Campeão nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, e de Londres, em 2012, a estrela da seleção abriu mão do sonho dourado pelo maior prêmio que poderia conquistar. O adiamento dos Jogos de Tóquio, que serão realizados entre julho e agosto de 2021, por conta da pandemia do novo coronavírus, foi decisivo.  Inicialmente, ele havia pensado, caso não encerrasse a carreira, fazer uma pausa para retomar os planos de engravidar no segundo semestre deste ano, após os Jogos de Tóquio. 

"Me sinto preparada para, junto com o meu amor, darmos o passo mais importante das nossas vidas. Sinto tanto amor nesse momento que não sei descrever. Um misto de sentimentos correm aqui dentro e de hormônios também! Estamos grávidos, eufóricos e ansiosos pelo nascimento desse bebê, fruto de muito amor", continuou.