Maracanã - Divulgação
MaracanãDivulgação
Por O Dia
Rio - A Conmebol ainda não descartou a presença do público para a final da Libertadores no Maracanã. Mesmo que tenha garantindo que até a semifinal da competição não haverá torcida, a entidade deixou em aberto a discussão para a finalíssima e tudo dependerá das decisões das autoridades brasileiras. As informações são do "UOL".
Publicidade
O "sim", para uma possível final com público no dia 30 de janeiro, virá das autoridades do município e do governo do Rio de Janeiro, local da final. A Prefeitura e o Governo do Estado já chegaram a aprovar a volta  de 30% dos torcedores nos estádios. No entanto, as decisões não foram postas em prática visto que a CBF não permitiu o retorno do público nas competições.
O que pode ser um problema para a entidade Sul-Americana é o fato do Rio estar passando por eleições municipais. Marcelo Crivella e Eduardo Paes concorrem para prefeito no segundo turno. Crivella sinalizou ser favorável à volta dos torcedores, porém Paes não tocou no assunto.
Publicidade