Renato Gaúcho
Renato Gaúcho LUCAS UEBEL /GREMIO FBPA
Por LUCIANO PAIVA
Rio - O treinador do Grêmio, Renato Gaúcho, lamentou a morte do ídolo do futebol argentino, Diego Maradona. Em contato com o Jornal O Dia, o técnico se manifestou sobre o ocorrido. Renato deu uma breve declaração, com a voz embargada e visivelmente abalado pelo ocorrido. 
LEIA MAIS: CONFIRA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O MUNDO DO ESPORTE

"Um dia de muita tristeza para o futebol mundial. O esporte perde um de seus maiores gênios, um cara fora de série. É até difícil falar qualquer coisa numa hora dessas", afirmou.
Publicidade
Renato Gaúcho e Diego Maradona se aproximaram nos anos 80, quando ambos atuaram pelo futebol italiano. O brasileiro defendia a Roma, enquanto o argentino foi ídolo e campeão pelo Napoli.
Publicidade
Os dois jogadores também estiveram na Copa do Mundo de 1990, que foi disputada na Itália. Renato foi reserva na equipe de Sebastião Lazaroni, enquanto Maradona foi destaque da seleção argentina, que foi vice-campeã naquela oportunidade, eliminando o Brasil nas oitavas de final.