Medida da Uefa tem o risco de aumentar a força dos mais ricos e aumentar a diferença técnica e financeira na Europa
Medida da Uefa tem o risco de aumentar a força dos mais ricos e aumentar a diferença técnica e financeira na EuropaDivulgação
Por Lance
Nyonx Suíça - A Uefa estuda uma mudança no controle de gastos dos clubes europeus e ameaça o Fair Play Financeiro, decisão que pode beneficiar os clubes mais ricos. A reportagem do 'La Gazzetta dello Sport' aponta que os próprios clubes passariam a definir o teto de gastos. Atualmente, a entidade que os mesmos só podem gastar valores correspondentes aos arrecadados.
O sistema do Fair Play Financeiro está praticamente congelado desde o início da pandemia do novo coronavírus por conta da crise econômica que afeta os clubes. A maioria perdeu receitas de transmissão de TV e de bilheteria. Muitos estão com as contas estão no vermelho. Com isso, a Uefa pode definir uma mudança ainda nesta quinta-feira para ser implantada a partir da temporada 2022.
Publicidade
O Fair Play Financeiro foi criado para frear a atividade das equipes mais poderosas no mercado e qualquer mudança nesta norma deve ser desenhada pelas leis da União Europeia e aprovada pelo Parlamento Europeu. A Uefa também discute outras possibilidades de mudança, mas não há nada definitivo.