Revelado na base do Inter, Taison volta ao clube após 11 como principal reforço para a disputa da Libertadores
Revelado na base do Inter, Taison volta ao clube após 11 como principal reforço para a disputa da LibertadoresDivulgação/Internacional
Por O Dia
Porto Alegre - Onze anos após deixar o Internacional, Taison, hoje, com 33, teve a volta confirmada nesta sexta-feira como o principal reforço para a disputa da Libertadores. Poucas horas após o anúncio da rescisão com Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, o atacante foi oficializado pelo Colorado, com contrato válido por dois anos.
Apalavrado com o Inter, Taison recusou ofertas de outros clubes brasileiros - o Flamengo estaria entre eles - e do exterior para voltar para casa. Convocado para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o atacante chega a Porto Alegre com status de reforço de peso pela bagagem acumulada na Europa.
Publicidade
A torcida foi à loucura com as ações do clube colorado nas redes sociais para fazer o anúncio. Uma sequência de emojis que indicavam a volta do ídolo aumentou a expectativa e ansiedade pelo anúncio oficial. Até o presidente do clube, Alessandro Barcellos, entrou na brincadeira: "me explica isso". Depois, emendou um "torcedores, calma".

Com a hashtag #Taisonday, o departamento de comunicação do clube resgatou uma série de imagens de Tailson pelo clube e com um pagode especialmente composto para o anúncio, ritmo preferido do reforço, o clube confirmou o esperado reforço, que chega sem custos ao clube.
Com a estreia na Libertadores marcada para a próxima terça-feira, às 19h15, na Bolívia, contra o Always Ready, a diretoria colorada corre para regularizar o atacante. O regulamento da Conmebol permite cinco inscrições provisórias por clube, de atletas com contrato ainda a registrar nas federações locais. Portanto, o caso de Tailson se enquadra na e ele poderá ser inscrito. A estreia, no entanto, depednerá da publicação do nome no BID.