Flamengo na liderança! Veja os clubes do Brasil com maior receita em 2020

O Sports Value realizou um estudo sobre as finanças dos clubes brasileiros em 2020 e comparou com os números de 2019

Por O Dia

20º lugar - Atlético-GO: R$ 51,2 milhões de receita em 2020 (variação de 158% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 19,9 milhões)
DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO-GO
19º lugar - Fortaleza: R$ 86,1 milhões de receita em 2020 (variação de -29% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 120,5 milhões)
DIVULGAÇÃO/FORTALEZA
18º lugar - Goiás: R$ 90,3 milhões de receita em 2020 (variação de -9% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 99,3 milhões)
Rosiron Rodrigues/Goiás EC
17º lugar - Ceará: R$ 103,2 milhões de receita em 2020 (variação de -2% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 104,9 milhões)
Divulgação
16º lugar - Coritiba: R$ 106,8 milhões de receita em 2020 (variação de 142% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 44,1 milhões)
Divulgação/Coritiba
15º lugar - Cruzeiro: R$ 123,3 milhões de receita em 2020 (variação de -57% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 289,4 milhões)
Bruno Haddad/Cruzeiro
14º lugar - Bahia: R$ 130,6 milhões de receita em 2020 (variação de -31% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 189,5 milhões)
Felipe Oliveira/Bahia
13º lugar - Red Bull Bragantino: R$ 145,5 milhões de receita em 2020 (variação de 271% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 39,2 milhões)
ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO
12º lugar - Botafogo: R$ 166,4 milhões de receita em 2020 (variação de -22% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 213,6 milhões)
Vitor Silva/Botafogo
11º lugar - Vasco: R$ 191,6 milhões de receita em 2020 (variação de -11% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 214,9 milhões)
ESTADÃO CONTEÚDO
10º lugar - Fluminense: R$ 194,3 milhões de receita em 2020 (variação de -27% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 265,2 milhões)
Mailson Santana/Fluminense FC
9º lugar - Santos: R$ 239,8 milhões de receita em 2020 (variação de -40% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 399,8 milhões)
Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
8º lugar - Internacional: R$ 281,3 milhões de receita em 2020 (variação de -36% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 441,3 milhões)
Ricardo Duarte
7º lugar - Athletico-PR: R$ 328,9 milhões de receita em 2020 (variação de -16% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 390,2 milhões)
Divulgação / Athletico-PR
6º lugar - São Paulo: R$ 358,5 milhões de receita em 2020 (variação de -10% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 398 milhões)
Daniel Castelo Branco
5º lugar - Atlético-MG: R$ 404,4 milhões de receita em 2020 (variação de 14% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 354,1 milhões)
DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO-MG
4º lugar - Grêmio: R$ 425,7 milhões de receita em 2020 (variação de -4% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 441,7 milhões)
LUCAS UEBEL/GRÊMIO
3º lugar - Corinthians: R$ 474,3 milhões de receita em 2020 (variação de 11% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 426,4 milhões)
Rodrigo Coca/Agência Corinthians
2º lugar - Palmeiras: R$ 532,4 milhões de receita em 2020 (variação de -11% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 598,4 milhões)
CESAR GRECO/AGÊNCIA PALMEIRAS
1º lugar - Flamengo: R$ 668,6 milhões de receita em 2020 (variação de -30% com relação a 2019, quando a receita foi de R$ 950,4 milhões)
Alexandre Vidal/Flamengo
Publicado 03/05/2021 16:12