Felipão é o treinador do Palmeiras - Daniel Castelo Branco
Felipão é o treinador do PalmeirasDaniel Castelo Branco
Por O Dia

Rio - O Palmeiras manteve o Flamengo a distantes quatro pontos com o empate de 1 a 1, sábado, no Maracanã. Agora, o assunto está restrito aos três: Palmeiras 63 pontos, Flamengo 59 e Internacional 58. A grande vantagem da equipe comandada por Felipão (foto) é de poder descartar uma das sete rodadas restantes e continuar com um ponto de vantagem. Já os adversários não podem derrapar. Para o Palmeiras, restam Santos, Atlético-MG, Fluminense, Paraná, América-MG, Vasco e Vitória. Quatro jogos em casa e três fora. O Flamengo pegará São Paulo, Botafogo, Santos, Sport, Grêmio, Cruzeiro e Atlético-PR, com três jogos em casa e quatro como visitante. O Inter jogará com Atlético-PR, Ceará, América-MG, Botafogo, Atlético-MG, Fluminense e Paraná. Quatro em casa e três fora. Se o Palmeiras passar pelo Boca Juniors, quarta-feira, e seguir na Libertadores, terá dificuldades adicionais. Eliminado, virá com tudo em busca do caneco no Brasileirão.

FUGA DO FORNO CREMATÓRIO
Publicidade
Os times cariocas mandaram mal no fim de semana. Vasco e Flamengo empataram, Fluminense e Botafogo perderam. Pior para Vasco e Botafogo, que seguem sentindo o bafo quente que vem de baixo. Ambos estão com 35 pontos, um a mais do que a Chapecoense, primeira equipe na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e dois apenas de folga sobre Sport, em 18º, e Vitória, em 19º lugar, só inalcançáveis pelo lanterna, Paraná. O forno crematório ainda está desligado. Fujam enquanto é tempo.
Publicidade
PEDALADAS
O colombiano Marlos Moreno entrou na partida contra o Palmeiras no lugar do compatriota Uribe, jogou bem e fez o gol que valeu um pontinho precioso para o Flamengo no empate em 1 a 1, no Maracanã, pelo Brasileiro. Fazia tempo que o cara não acertava as redes. Na última vez, Marlos Moreno ainda usava kichute.
Publicidade
Árbitros seguem, com honrosas exceções, picotando os jogos e parando o máximo possível para exibir seus patrocinadores nas camisas pela televisão.
Publicidade
BOLA DENTRO
Fred voltou a balançar as redes. Fez o segundo gol do Cruzeiro na vitória sobre o Paraná por 3 a 1, no Mineirão, e o dedicou ao médico Sérgio Campolina, responsável pela recuperação.
Publicidade
BOLA FORA
Publicidade
Jogando com um time de reservas, o Fluminense quase complica a vida do Santos. A defesa deu mole e acabou levando três gols em cinco minutos no fim do jogo. Castigo.
 
Você pode gostar
Comentários