Washington Rodrigues: Vai que é tua, São Judas

Por

Dorival Júnior
Dorival Júnior -

Rio - Para ser vencedor, um grupo precisa mais do que talento, precisa de postura, compostura e compromisso com a proposta do comando. Erguer a taça no ponto mais alto do pódio exige sacrifícios, dedicação e amor à causa. Muitas campanhas se desenham boas, mobilizam as massas e terminam em decepções porque o torcedor quer o título de campeão. Vice-campeonatos, vagas na Libertadores ou Sul-Americana são tão frustrantes como as expectativas da criança que acorda na manhã de Natal esperando uma bicicleta e encontra no sapatinho um pacote de balas jujuba. É o que está acontecendo com a torcida do Flamengo, que vê seus sonhos estourando no ar como bolas de sabão. E não se trata de perder um campeonato, mas todos os que foram disputados na temporada. O técnico Dorival Júnior (foto), depois de o Flamengo perder cinco pontos para São Paulo e Botafogo, abatido, tenta vender ilusões à espera de um milagre, jogando a bomba nas mãos de São Judas Tadeu.

PEDALADAS

O América-MG perdeu para o Paraná e o técnico Adilson Batista foi demitido no vestiário. O treinador Diego Aguirre, do São Paulo, tem ficha de espera 01 para a panela.

O árbitro Rodolpho Toski Marques 'operou' o Corinthians, sábado, no Itaquerão. Expulsou Araos no fim do primeiro tempo, não deu pênalti a favor do Timão e não viu a bola entrar no que seria o primeiro gol da equipe de Jair Ventura. O São Paulo agradeceu ao homem do apito.

BOLA fora

Confrontos entre marginais travestidos de torcedores mais uma vez marcaram o clássico entre Flamengo e Botafogo, em vários pontos da cidade. É hora de dar um fim nisso.

BOLA DENTRO

Entre jogadores extenuados pelo forte calor e o efeito estufa em Porto Alegre, o velhinho Léo Moura deu um show de vitalidade na vitória do Grêmio sobre o Vasco por 2 a 1.

DESASTRE DO VASCO NO SUL

Na Arena do Grêmio, o Vasco fez 1 a 0, aos 12 minutos do primeiro tempo, com um gol do apoiador Thiago Galhardo, mas sofreu o empate sete minutos depois, com o atacante Jael, em jogada do lateral Léo Moura. O segundo tempo foi lento, em função do forte calor, com o Vasco defendendo o resultado e o Grêmio forçando, sem conseguir furar o bloqueio defensivo do time cruzmaltino. O empate seria um bom resultado para o Vasco, mas Mateus Henrique fez o gol da vitória gaúcha em lamentável falha do goleiro Martín Silva praticamente no último lance da partida.

Comentários

Últimas de A Palinha Do Apolinho