Washington Rodrigues: Ameaças não ganham jogo

Presidente do Fluminense repensa e deixa de lado ideia de abandonar o Carioca

Por O Dia

Pedro Abad
Pedro Abad -

O presidente do Fluminense, Pedro Abad, pensou melhor e desistiu da ideia absurda de abandonar o Campeonato Estadual ordenando a Fernando Diniz que escalasse uma equipe de garotos do sub-20. Os erros de arbitragem são comuns a todas as competições e nunca vi dirigente algum ameaçar abandonar a disputa do Campeonato Brasileiro, da Copa Libertadores ou mesmo da Sul-Americana ou da Copa do Brasil. Esses rompantes só acontecem nos estaduais. E o curioso é que, quando erros semelhantes acontecem a favor, ninguém se manifesta. A última do Abad foi das arábias, aliviando a ideia de tirar o time, disse que vai sugerir ao Diniz que não use Ganso no Estadual. Será que em algum momento ele achou mesmo que Paulo Henrique Ganso, que faz tempo não disputa uma partida, chegou pronto para entrar em campo sábado no Fla-Flu e arrebentar? Calma Pedro Abad, não tente desviar para os ombros de terceiros o peso do fardo que se propôs a carregar.

BRUNO HENRIQUE, DESTAQUE DO FLA

Entre todas as contratações feitas recentemente pelo Flamengo a de Bruno Henrique foi a melhor. Mineiro de Belo Horizonte, pinta de garoto, mas com tempo de estrada, ambidestro, inteligente, veloz, aos 28 anos caiu no clube e nas mãos do cara certo. Abel Braga concorda que ele joga muito e que mostra disposição para brigar por uma vaga entre os titulares. Se tiver juízo e entender a oportunidade que tem diante de si, vai longe.

PEDALADAS

O Fla-Flu de sábado no Maracanã certamente terá casa cheia. Todos os ingressos serão vendidos por antecipação. Quem não correr ficará de fora.

A goleada de 5 a 1 do Ituano sobre o Santos deixou marcas. Jorge Sampaoli é daqueles técnicos que assumem nas vitórias e culpam os jogadores nas derrotas. O pior está por vir.

O Monaco está dificultando a volta de Jorge ao Flamengo.

BOLA DENTRO

Tão generosa quanto ansiosa, a torcida do Fluminense está em uma festa permanente, que começou no aeroporto saudando a vinda de Paulo Henrique Ganso. Torço para que seja recompensada.

BOLA FORA

Thiago Neves, do Cruzeiro, pisou feio na bola fazendo piada com assunto sério para pilhar os atleticanos. Palavras são como balas, uma vez disparadas, não têm volta.

Comentários