Palhinha do Apolinho - 7/4

Palhinha do Apolinho - 7/4

Por O Dia

Rio de Janeiro - RJ  - 25/03/2019 - Futebol - Treino do Bangu, na manha de hoje, no estadio Moça Bonita, na Rua Sul America, 950 - Bangu, Rio de Janeiro - Na foto, Ado Souza, tecnico do Bangu - foto: Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Rio de Janeiro - RJ - 25/03/2019 - Futebol - Treino do Bangu, na manha de hoje, no estadio Moça Bonita, na Rua Sul America, 950 - Bangu, Rio de Janeiro - Na foto, Ado Souza, tecnico do Bangu - foto: Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia -

É BOM VER O BANGU BRILHAR

Para quem, como eu, se apaixonou pelo futebol graças à magia dos Campeonatos Cariocas, é muito bom ver o Bangu de volta ao cenário como protagonista. O futebol brasileiro construiu sua vitoriosa história em cima dos regionais, sem televisão e como o rádio e os jornais como únicos propagadores. O Bangu teve sua fatia, ousou ao contratar Zizinho - o Pelé da época -, mostrando o desejo de crescer e se ombrear com os papões e acabou se juntando ao América entre os seis grandes. Nos anos 60, já sob o comando de Castor de Andrade, firmou posição ao ganhar o título em 1966 em cima do Flamengo com um timaço que tinha entre outros Ubirajara, Fidélis, Paulo Borges, Cabralzinho e Aladim. Quase beliscou o titulo brasileiro em 1985, empatando com o Coritiba em 1 a 1, diante de 100 mil pessoas, no Maracanã, perdendo nos pênaltis e ficando com o vice-campeonato. Hoje, diante do Vasco, no Maracanã, tenta a façanha de chegar novamente a uma final de Estadual.

MARACANÃ

Foi boa a decisão do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, de entregar à dupla Flamengo e Fluminense a gestão do Maracanã pelo próximos 180 dias (prazo renovável por mais 180). Falta saber de que forma será montada a administração do estádio. O Maracanã é um brinquedo dos mais caros, requer muita atenção e cuidados 24 horas por dia. Sua dispendiosa manutenção anda descuidada desde que a Odebrecht resolveu devolvê-lo ao governo do estado e precisa de alguns reparos urgentes que garantam a segurança e o conforto dos seus frequentadores.

PEDALADAS

O atacante Paolo Guerrero voltou a jogar depois de cumprir suspensão por doping. E fez gol. Sua meta é aproveitar a chance no Internacional e voltar à seleção do Peru para a Copa América, de 14 de junho a 7 de julho, aqui no Brasil.

Márcio Braga disse que Ronaldo simulou contusão no Corinthians para sair do jogo e ajudar o Flamengo em 2009. Não acredito. Se fosse o caso, o melhor seria ficar, pois já se arrastava em campo.

BOLA DENTRO

Se quiser voltar a ser titular no Vasco, Maxi López vai ter que capinar sentado. O garoto Tiago Reis está dando conta do recado e não vai entregar fácil a tapioca.

BOLA FORA

O Botafogo empatou com o Juventude em 1 a 1 pela Copa do Brasil jogando mal, irritou a torcida e deixou o técnico Zé Ricardo em risco. Água fervente na panela já faz bolhas.

Comentários