Brasileirão se arrasta

Por O Dia

Rogério Caboclo, presidente da CBF
Rogério Caboclo, presidente da CBF -

Com raras exceções, os jogos do Brasileirão estão dando azia em caixa de bicarbonato. Lentos, disputados entre as intermediárias, a maioria com poucos lances de emoção capazes de cortar o cochilo da turma da poltrona. Irrita ver os jogadores trocando passes no próprio campo, recuando bolas para os goleiros em manobras inúteis. Atribuo ao fastio. Os jogadores estão trabalhando em ritmo lento, para usar energia nas competições de mata-mata, que correm paralelas, tornando o calendário cada vez mais apertado. Os clubes fazem suas escolhas priorizando as que pagam mais e, com isso, o Campeonato Brasileiro, com seu formato de pontos corridos, vai para a prateleira de baixo. A concorrência determina as preferências e o presidente da CBF, Rogério Caboclo, que assumiu prometendo mudanças, deve ter percebido que precisa repensar a fórmula, tornando-a mais curta e atrativa, antes que se deteriore definitivamente.

FELIPÃO

O Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro com folga, mantendo uma longa invencibilidade na competição desde que Luiz Felipe Scolari assumiu no lugar do Roger Machado. O time tem um formato firme, Felipe Melo e Bruno Henrique comandam o sistema defensivo mais eficiente da competição e o ataque joga nos erros dos adversários, com Lucas Lima ou Gustavo Scarpa fazendo a ligação e Dudu desequilibrando lá na frente. O Maestro Felipão vem sobrando no comando do time.

PEDALADAS

O 'portumengo' Jorge Jesus assume o Flamengo com o dever de fazer melhor do que foi feito. O time está classificado na Copa Libertadores da América, na Copa do Brasil e bem posicionado no Campeonato Brasileiro.

O São Paulo não ganha e a batata do técnico Cuca está no forno, vermelhinha.

Tite diz que, em condições normais, Firmino é titular da Seleção. Quais são as condições normais?

BOLA DENTRO

Para a estreia vitoriosa da seleção brasileira feminina na Copa do Mundo, que está sendo disputada na França. Mesmo sem a estrela Marta, as meninas meteram 3 a 0 na Jamaica.

BOLA FORA

As dívidas se acumulam, as penhoras bloqueiam o arrecadado, o clube vive séria crise política, a oposição bate forte no presidente Campello e o Vasco sofre as consequências.

 

Comentários