Oswaldo de Oliveira lamenta período de interdição do Engenhão

Estádio vai ficar fechado por 18 meses

Por pedro.logato

Rio - A notícia de que o Botafogo terá que ficar 18 meses sem atuar no Engenhão não agradou ao treinador Oswaldo de Olveira. O comandante ficou espantado com o tempo de ausência do estádio localizado no Engenho de Dentro.

''Estava vindo para cá (Engenhão) e ouvi no rádio. Não sabia em números. É lamentável, é isso que posso dizer. Um estádio com cinco anos de idade passar uma interrupção tão longa. Não há como negar que isso interfere no nosso planejamento, mas temos de nos adaptar novamente. Vamos fazer tudo para conseguir, para que a equipe siga jogando bemm mesmo fora do nosso habitat. Mas só podemos lamentar.'', afirmou.

Sobre o possível estádio do Alvinegro para a disputa do Campeonato Brasileiro, o treinador afirmou que não tem nenhuma preferência.

''Onde o campo for melhor, quero jogar. Isso é importantíssimo. É um time técnico, que evolui com a bola e troca passes. Quando temos de jogar com a bola longa o tempo todo dificulta. Hoje temos um problema e temos de jogar em bons campos. Temos a possibilidade de mostrar um bom futebol'', concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia