Por rafael.arantes
Oswaldo de Oliveira critica postura dos gandulasAndré Mourão / Agência O Dia

Florianópolis - A classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil não foi o suficiente para agradar totalmente o técnico Oswaldo de Oliveira. Após a vitória nos pênaltis sobre o Figueirense, o comandante alvinegro comentou a partida, elogiou a postura adversária dentro de campo, mas fez duras críticas a demora dos gandulas para devolver as bolas para o time carioca durante o jogo da última quarta-feira.

"É claro que por tudo que o Figueirense fez para vencer o jogo, mereceram a vitória. Mas lamento muito a cera e a demora na volta da bola para as cobranças de lateral. Os gandulas ficaram atrasando o jogo para que a partida não fluísse. No fim, o Botafogo mereceu a classificação, pois foi melhor mesmo com todas as incoveniências", comentou Oswaldo, que também analisou a parte técnica da partida.

"Tem dia que a bola não entra mesmo. Mas o detalhe mais pontual era a insistência pelo lado direito, quando havia uma observação para circular a bola e trabalhar pelo lado mais frágil do Figueirense, que pela disposição dos volantes era o nosso lado esquerdo. Ainda aceleramos demais o jogo quando tinha que reter a bola e isso interferiu muito na nossa precisão e evolução das nossas jogadas", concluiu.

Você pode gostar