'Não me senti em casa no Maracanã', afirma Rafael Marques

Jogador elogia estádio, mas afirma que maior presença da torcida do Flamengo incomodou

Por rafael.arantes

Rio - Rafael Marques foi um dos principais jogadores do Botafogo na partida do último domingo, contra o Flamengo. O atacante marcou o primeiro gol alvinegro no retorno ao Maracanã e não escondeu a alegria com o fato. No entanto, mesmo elogiando a arena, o atleta admitiu que não se sentiu em casa atuando sob a maior presença da torcida rubro-negra.

"Gostei de jogar no Maracanã, de ter feito gol. É um estádio de Copa do Mundo. Se me senti em casa? Não, pois a torcida do Flamengo estava em maior número. A gente sabe que quando joga contra equipes que tem apoio da torcida, é diferente. Esperamos que os torcedores possam comparecer nas próximas partidas, pois é bom quando jogamos com a torcida apoiando", disse.

Rafael Marques comemora gol no clássicoMárcio Mercante / Agência O Dia

Agora artilheiro da equipe no ano, ao lado de Lodeiro e Seedorf, Rafael também se mostrou aliviado com a importância do gol marcado. Foi ao balançar a rede na partida contra o Fla que o jogador deixou para trás um jejum de quatro jogos sem fazer gols.

"Já faziam alguns jogos que não marcava. Estava incomodado com isso. Porém, não penso em ficar brigando por artilharia. Meu objetivo é ajudar o Botafogo de todas as formas possíveis", concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia