Liderança do Brasileiro não deslumbra Fogão

Bolívar comemora regularidade do time, que faz a sua melhor campanha na história dos pontos corridos

Por pedro.logato

Rio - A torcida do Botafogo tem motivos de sobra para sonhar com o título nacional. Se não bastasse a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, o Glorioso tem o segundo melhor ataque, com 27 gols, não perde há oito jogos, e faz a sua melhor campanha na história dos pontos corridos. Mesmo curtindo o bom momento os jogadores pregam cautela.

Bolívar garante pé no chão no AlvinegroAndré Mourão / Agência O Dia

“É sempre muito bom se manter na liderança de uma competição tão equilibrada. Tudo ajuda, o trabalho, o treino do dia a dia, a confiança e a auto-estima. Isso te dá uma moral alta. O Botafogo está concentrado e não vai se deixar deslumbrar. Vamos manter os pés no chão para seguir neste caminho”, prometeu o zagueiro Bolívar.

Para o defensor alvinegro, o aproveitamento de 64,4% dos pontos disputados em 15 rodadas não caiu do céu.

“A regularidade que o Botafogo vem mantendo no Brasileiro mostra que a equipe está muito madura e não se abala com situações adversas. Essa vitória contra a Portuguesa mostrou que estamos preparados para qualquer situação adversa”, analisou o zagueiro.

Orgulhoso com a boa fase do time, o técnico Oswaldo de Oliveira faz coro a Bolívar, principalmente após o fim da sequência de três empates seguidos.

“Nunca tivemos dúvidas e soubemos administrar bem os ocorridos no campo. O Botafogo é um líder merecido e tem feito por onde”, ressaltou o treinador.

Um dos trunfos do Glorioso na competição tem sido o aproveitamento dentro de casa. A equipe não perdeu como mandante. Em sete jogos venceu cinco e empatou dois. Fora de casa o rendimento cai um pouco, mas ainda é positivo. Em oito partidas, o Botafogo venceu três vezes, empatou também três e sofreu apenas duas derrotas( Bahia e Grêmio).

“As equipes que foram campeões perderam muito pouco, cerca de seis, sete partidas. Estamos conseguindo manter uma regularidade, mesmo sem vencer, mesmo que, às vezes, os pontinhos dos empates sejam amargos, disse Bolívar.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia