Por pedro.logato

Rio - Após a estreia arrasadora como titular, a comparação de Hyuri com Vitinho foi inevitável. Porém, depois de terminada a partida, em que marcou dois gols, sendo um de placa, contra o Coritiba, o jovem pediu calma com as comparações.

Hyuri comemora o seu gol com a torcida alvinegraMárcio Mercante / Agência O Dia

"A comparação com o Vitinho é inevitável, mas prefiro trabalhar para colocar meu nome na história do Botafogo. Comecei com o pé direito e com a cabeça também (risos), mas preciso continuar trabalhando se não isso vai por água a baixo", afirmou.

Na próxima rodada, o Botafogo vai até Santa Catarina encarar o Criciúma. A partida é a última do primeiro turno do Brasileirão.

Você pode gostar