Por victor.abreu

Rio - A delegação do Botafogo viajou nesta terça-feira para o Equador, onde nesta quarta-feira estreará o Deportivo Quito, sem o volante argentino Mario Bolatti, um dos principais reforços da equipe na temporada e que foi excluído da delegação de última hora devido a um problema. Com uma inflamação em um dedo no pé direito, Bolatti se juntou ao lateral-direito Lucas e o também volante Airton, que também não fazem parte do grupo por estarem machucados.

Bolatti é um dos desfalques para estreia na quarta-feiraDivulgação

O argentino, que seria titular, dará lugar a Rodrigo Souto. A delegação deverá chegar a Guayaquil na tarde desta terça e viajar para Quito apenas poucas horas antes da partida, em uma tentativa de minimizar os efeitos da altitude. Entre os 22 jogadores que embarcaram também estavam os atacantes Wallyson, artilheiro da Libertadores em 2011 e que foi contratado na última semana, e Juan Carlos Ferreyra, outro reforço recente e que será titular mesmo sem ter feito ainda sua estreia pelo Alvinegro.

O centroavante argentino, vice-campeão da Libertadores pelo Olimpia no ano passado, conta com a confiança do técnico Eduardo Hungaro para ser o novo líder do time após a saída do meia Clarence Seedorf.

Com a contusão de Bolatti, o Botafogo deverá entrar em campo com a seguinte formação: Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Júlio César; Marcelo Mattos, Gabriel, Rodrigo Souto, Nicolás Lodeiro e Jorge Wagner; Ferreyra.

Você pode gostar