Glorioso pega fogo com novas crises

Lodeiro vai embora, Daniel se machuca e Sheik reclama do time

Por pedro.logato

Rio - Após a terceira derrota em cinco jogos do Campeonato Brasileiro, o Botafogo está em frangalhos. Lodeiro está de malas prontas para deixar o clube, Daniel, o novo queridinho da torcida, se machucou, e Jorge Wagner perdeu a vaga de titular por deficiência técnica. Para piorar, o atacante Emerson Sheik deu uma declaração incendiária após a derrota de 2 a 0 para o Goiás dando a entender que está faltando comprometimento do grupo.

“Cada atleta tem que colocar a cabeça no lugar, independente de qualquer coisa que esteja acontecendo, e saber que certos tipos de comportamento não podem acontecer. Tem que saber que não é o melhor time do mundo e se todo mundo não correr com igualdade... Tem de saber que é um time que não está tão acima, mas pode ser competitivo”, desabafou Sheik.

Botafogo volta a viver turbulênciaMárcio Mercante / Agência O Dia

A apatia sugerida pelo atacante deve ter relação direta com os constantes atrasos salariais. Os jogadores estão novamente há dois meses sem receber o que tem deixado o ambiente tenso.

Estreia de Carlos Alberto

Com tantos problemas, o técnico Vagner Mancini busca soluções emergenciais para fazer o time reagir e melhorar o pífio aproveitamento da equipe que hoje é de apenas 26,7% em cinco jogos do Brasileiro.

“São muito poucas opções, eu deveria ter um elenco mais balanceado nesse sentido. Tive que entrar com o Lucas junto com Edilson para tentar alguma coisa de linha de fundo. Não estou aqui para reclamar, temos que fazer o que está ao nosso alcance, todos sabem das limitações do time”, desabafou o treinador que vai fazer mudanças na equipe no jogo contra o Grêmio, quarta-feira.

Jorge Wagner vem rendendo abaixo do esperado e deve ir para o banco. Daniel reclamou de dores na coxa esquerda contra o Goiás e pode desfalcar o time. A boa notícia é que Carlos Alberto deve estrear. “Eu seria muito mentiroso se dissesse que não penso em sua utilização. Mas tudo depende do que será feito na semana. Se ele responder bem ao trabalho vai ser utilizado”, afirmou Mancini.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia