Mancini revela ajuda financeira de Sheik ao elenco do Bota: 'Batalhou por isso'

Treinador descartou polêmica por atacante receber salários

Por pedro.logato

Rio - A crise financeira do Botafogo é muito grande. Com os jogadores há cinco meses sem receber os direitos de imagem e quase há três sem receber salários, a má fase acaba repercutindo dentro de campo. A exceção é Emerson Sheik, que recebe do Corinthians, clube que emprestou o atacante ao Botafogo. Porém, segundo Mancini, o fato de o jogador ser o único com salários em dia não é um problema, pois ele tem ajudado financeiramente os seus companheiros.

Vagner Mancini falou sobre polêmica de salários atrasadosAndré Luiz Mello / Agência O Dia

"O Emerson socorre alguns jogadores financeiramente e é bom que todos saibam disso. O que ele tem hoje é fruto de anos e anos de batalha para chegar nessa situação. Se ele recebe de forma diferente dos outros não é um problema, pois só dessa forma ele poderia estar com a gente", afirmou o técnico em entrevista á Rádio Globo.

Sobre a manifestação antes do clássico, Mancini afirmou que já sabia que os jogadores iriam realizá-la. Ao entrar em campo no clássico contra o Flamengo, o Alvinegros exibiram uma faixa: "Estamos aqui porque somos profissionais e por vocês torcedores", mais os dizeres informando as dívidas do clube com os atletas e funcionários.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

"Vivemos uma situação atípica, há muito tempo que eu não vivia uma situação de atraso tão grande. Isso tem causado um desgaste muito grande em todos os setores do Botafogo. Qualquer ser humano com cinco meses de salários atrasados tem dificuldade de se concentrar no jogo. Eu sabia da faixa e não dei opinião porque era uma decisão deles", concluiu Mancini.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia