Novo vice de futebol injeta ânimo no Botafogo na luta contra o rebaixamento

'No meu dicionário não existe a palavra impossível', diz Mantuano após primeiro contato com jogadores do Glorioso

Por fabio.klotz

Rio - Após vencer a eleição na terça-feira, a nova diretoria já trabalha e teve o primeiro contato com os jogadores, nesta quinta-feira, no treino no Engenhão. Antes de planejar 2015, porém, é preciso resolver 2014. A principal questão é a permanência na Série A. Vice de futebol, Antônio Carlos Mantuano mantém confiança de que é possível escapar da degola no Campeonato Brasileiro.

Antônio Carlos Mantuano ficou satisfeito com o primeiro contato com jogadores do BotafogoDivulgação

"Foi o primeiro dia com os jogadores e vim transmitir nosso total apoio. Fomos muito bem recebidos e falei pra eles que no meu dicionário não existe a palavra impossível. Faltam dois jogos, não dependemos só de nós, mas os adversários diretos têm jogos complicados também. Se fizermos o nosso papel, teremos êxito. Agora estamos aqui pra dar apoio e estarmos presentes, independentemente de qualquer tipo de situação. Ficamos confiantes, o que foi muito bom no primeiro encontro. Eles sentiram nosso apoio, estavam desamparados", disse Mantuano, que evita traçar planos para 2015:

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

"Eu não posso falar que vou montar um time se não sei qual vai ser meu orçamento financeiro. Em cima disso o Botafogo montará o seu time e certamente competitividade não vai faltar. Seremos sinceros e não existe nenhum plano mirabolante. Estamos com os pés no chão", destacou.

O Botafogo tem 99% de chances de ser rebaixado. Domingo, o Glorioso encara o Santos, às 17h, na Vila Belmiro. Além de precisar vencer seus dois jogos, o Alvinegro tem de secar Bahia, Vitória e Palmeiras.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia