Ricardo Gomes lamenta baixa presença da torcida do Bota: 'Público de sub-20'

Treinador diz que atuação foi abaixo por conta das mudanças feitas no time, mas vê saldo positivo a longo prazo no elenco

Por edsel.britto

Rio - Já com a classificação garantida à próxima fase do Carioca, Ricardo Gomes se deu ao luxo de fazer alguns testes no time contra o Boavista e não se preocupou muito com a atuação da equipe. As dificuldades enfrentadas pelo time durante a partida foram natural para um time sem entrosamento, segundo o treinador. O que o realmente deixou Gomes preocupado foi o fraco público em São Januário: 1.128 pagantes. 

"É uma pena. Veja só o público. Fui formado aqui no Rio de Janeiro. E esse público, é público de Sub-20. Tem que pensar em algo que seja bom para todo mundo. O Carioca é uma competição que adoro. Mas é verdade que é preciso pensar", afirmou Ricardo Gomes em entrevista coletiva.

Ricardo Gomes ficou satisfeito com o que viu do BotafogoAndré Mourão / Agência O Dia

Ricardo Gomes fez questão de destacar o desempenho da sua defesa durante a partida, a qual avaliou como segura, mas afirmou que para uma equipe dominar a partida era necessário os jogadores se conhecerem melhor em campo.

"Os dois times modificados, faltou automatismo. No primeiro tempo ficou muito claro. Mas eu já esperava. É uma oportunidade para ver alguns jogadores. Neilton iniciando a partida, Emerson jogando, Diego, Jean... Isso tem um ganho, lá na frente. Se tivesse o time que vem jogando, seria outra performance. Mas eu gostei. O Boavista não deu um chute a gol no primeiro tempo. A parte defensiva estava resolvida. Para dominar o jogo, os jogadores precisam se conhecer mais."

Na primeira partida do octogonal final do Carioca, Ricardo Gomes já sabe que terá um clássico contra o Fluminense. O jogo também marcará a estreia de Levir Culpi no comando da equipe Tricolor.

"Será a estreia do Levir. O Fluminense tem um bom time. Tinha o Eduardo, que é bom treinador. Mais uma prova para o Botafogo. Fizemos uma boa campanha. Talvez que ninguém esperasse. E isso deixou todo mundo feliz. Mas feliz até amanhã. "

Fernandes foi um dos destaques positivos no jogo contra o BoavistaAlexandre Brum/Agência O Dia

Após ficar fora da primeira convocação da Seleção em 2016, Jefferson prefiriu não comentar. Para Ricardo Gomes, o goleiro é experiente o suficiente para assimilar a situação e seguir em frente mesmo estando fora da equipe brasileira. 

"Nem tratei disso. Jefferson é um cara resolvido. Ele certamente assimilou. Ele sabe que o que vai valer são as atuações. Eu acho até que ele vai voltar à Seleção. Ele virou ídolo só pelo nome, mas pelas atuações. Essas mesmas que vão fazer o voltar para Seleção. Ele é bem resolvido."

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia