No primeiro clássico no comando do Botafogo, Jair faz mistério sobre a escalação

'Revelar o time só 45 minutos antes da partida', disse o treinador

Por sarah.borborema

Rio - Na véspera do primeiro clássico do técnico Jair Ventura no comando do Botafogo, diante do Fluminense, a única certeza são os nomes que não estarão em campo. Com quatro desfalques na equipe - Luis Ricardo, Fernandes, Lindoso e Emerson -, o treinador alvinegro fechou o treino e não deixou escapar nenhuma pista sobre a escalação para o duelo. Jair não descartou a possibilidade de mundaça no esquema tático e garantiu que o mistério será mantido até os minutos que antecedem a partida.

O treinador comandou o treino fechado e manteve o mistério sobre a equipe que entrará em campo no clássicoVitor Silva / SS Press / Botafogo

"Como sou um treinador jovem, ele (Levir Culpi) não me conhece muito bem. Eu conheço bem ele. A intenção é não passar o time, a parte tática, o sistema... Isso faz diferença. E é sempre bom tentar esconder um pouco. Tudo pode acontecer no futebol. Podemos montar uma estratégia diferente. A gente confia no Diego, mas se ele vai começar a partida aí é diferente. São quatro desfalques, qualquer equipe do mundo sente essa situação, mas confiamos no grupo. Revelar o time só 45 minutos antes do início da partida."

O Botafogo perdeu uma de suas principais peças do elenco, Luis Ricardo, por conta de uma fratura no tornozelo. Após cirurgia, o jogador só retornará aos gramados em 2017. Por este motivo, a chance de novos nomes chegarem em General Severiano só aumenta. Apesar do suspense, o treinador confirmou que o Alvinegro está estudando a possibilidade.

"Podem chegar sim. Estamos monitorando, especialmente após a lesão do Luis Ricardo. Estamos estudando. Pode chegar um atacante também."

O Alvinegro entra em campo nesta quarta-feira, na Arena Botafogo, às 16h, para o clássico com o Fluminense. Com 29 pontos, o Botafogo ocupa a 11ª posição na classificação do Campeonato Brasileiro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia