Por jessyca.damaso

Rio - O momento é de pensar no Campeonato Brasileiro. Classificado como o primeiro colocado do Grupo 1 para as oitavas de final da Libertadores, o Botafogo recebe o Bahia, neste domingo, às 19h, no Nilton Santos, com o desafio de manter o bom retrospecto em casa e emplacar uma arrancada na competição. Em 2017, o Alvinegro soma cinco vitórias em seu estádio, contando Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro. O time perdeu só uma vez.

Poupado contra o Estudiantes, o meia Camilo volta neste domingo ao time titular Reprodução Twitter

O Botafogo desembarcou no Rio na sexta-feira e teve apenas um dia de recuperação após a derrota para o Estudiantes, na Argentina.

O goleiro Gatito Fernández garante que vão prevalecer a vontade e a determinação para superar o desgaste hoje à noite. "Contra a Ponte Preta conseguimos pensar só no Brasileiro e precisamos fazer a mesma coisa agora. Recuperar as pernas e buscar a vitória. A viagem foi curta e ajuda na recuperação. Estamos saindo de uma Copa Libertadores e vamos enfrentar o Bahia, que venceu a Copa do Nordeste", disse Gatito.

REFORÇOS EM PAUTA

O Botafogo terá novidades no retorno ao Brasileiro. Poupado contra o Estudiantes, Camilo volta a ser opção. Airton, que ficou no banco, será outro reforço, assim, como Pimpão, que cumpriu suspensão na quinta-feira. Bruno Silva pegou um gancho de três jogos no STJD e só ficará à disposição contra o Coritiba, no dia 11 de junho.

Após deixar bem encaminhada a troca de Sassá por Marcos Vinícius, do Cruzeiro, o Botafogo quer acelerar a contratação de dois atacantes. Joel, Vinícius Tanque e Renan Gorne, sem espaço, devem ser emprestados. A caminho do Rio, Marcos Vinícius depende do resultado dos exames para ser anunciado.

Você pode gostar