Zé Ricardo destaca união do elenco: 'O que temos de mais forte é a unidade do grupo'

Treinador do Botafogo acredita em melhora no Campeonato Brasileiro

Por O Dia

Zé Ricardo acredita em melhora do Botafogo no Campeonato Brasileiro
Zé Ricardo acredita em melhora do Botafogo no Campeonato Brasileiro -

Rio - O Botafogo volta a entrar em campo no próximo sábado pelo Campeonato Brasileiro e irá encontrar o Grêmio dentro de campo. A partida é a segunda oportunidade do Alvinegro buscar a segunda vitória consecutiva fora de casa na competição. O treinador Zé Ricardo entende a dificuldade que é enfrentar o time gaúcho, principalmente fora de casa, mas mantém as esperanças.

"O que posso dizer é que o Botafogo tem uma maneira de jogar, que briga muito por todas as bolas, boa técnica. O clube atravessa um momento complicado, mas vejo a dedicação de todos para solucionarmos esses problemas. O que temos de mais forte aqui é essa unidade do grupo. A equipe pode fazer um jogo mais apoiado e no limite em todos os jogos, assim conseguiremos ser mais competitivos", disse Zé.

O comandante do Botafogo optou por dar descanso aos atletas nos últimos dias por conta do ritmo intenso de jogos que vêm enfrentando. 

"As pessoas pensam que quando temos uma semana cheia vamos colocar os atletas para treinar para caramba, mas não. Serve de descanso e informação. Alguns aceleramos mais para um melhor condicionamento. O Grêmio é experiente e vem jogando sempre contra adversários difíceis. É um elenco forte e um treinador experiente. Difícil, principalmente na Arena do Grêmio", afirmou.

"Não tenho dúvida, ainda mais da forma que a tabela se apresenta hoje. Se conseguirmos ou quem conseguir duas ou três vitórias fatalmente vai dar uma distanciada. Saímos de quatro jogos em dez dias e agora pegaremos outra sequência após essa pausa. Essa é a dificuldade de uma equipe que enfrenta a nossa realidade, um complicador a mais. Mas estamos passando confiança ao grupo, estamos numa crescente e certamente uma vitória no Sul nos dará mais confiança para essa sequência", completou Zé Ricardo.

O Grêmio está em boa fase e, recentemente, se classificou para as quartas de final da Libertadores. Com isso, a equipe chegará ao campo com um gás a mais. Zé Ricardo afirmou que vai buscar formas de tirar a equipe da zona de conforto para facilitar o jogo para o time carioca.

"Me preocupa o todo, não só a defesa. Enfrentaremos um adversário motivado pela classificação na Libertadores e precisamos ter nosso cuidado, mas também fazê-los se incomodarem com a gente. Se não fizermos isso eles jogarão com grande eficiência, coisa que a gente não quer. Acredito muito na nossa equipe e acho que estamos evoluindo e precisamos manter o equilíbrio para fazermos um bom jogo lá", contou o técnico.

O treinador comentou o possível retorno de jogadores importantes para o clube, pois, dessa forma, o rodízio pode ser feito de melhor maneira para evitar o desgaste de atletas.

"O grande desafio nosso é podermos contar com a volta do Renatinho, Marcos Vinicius, Kieza, Lindoso... Todos à disposição para que eu quebre a minha cabeça. Assim fica mais fácil trabalhar essa questão do desgaste. Fica difícil falar em preservar alguém nas nossas condições. Quem estiver bem vai para a guerra", contou o comandante.

Porém, apesar dos retornos, Zé Ricardo precisará lidar também com ausências importantes na partida.

"O Igor ficará de fora pela primeira vez no ano. É difícil se manter naquela posição. Sem dúvida o entrosamento é muito bom com o Joel, jogam muito tempo juntos. Mas estou tranquilo, temos o Yago, o Marcelo e também dois jovens bem promissores como o Kanu e o Helerson. Bem provável que seja o Yago, mas ainda não está definido. O importante é saber que quem entrar pode ajudar", comentou.

"O Saulo está treinando, mas ainda sem fazer algumas atividades e vamos ver como vai se desenvolver. Gatito e Jefferson não voltam agora. O Kieza voltou a treinar e o que pesa é seu ritmo de jogo. O Lindoso ainda deve demorar uma semana a mais para retornar, talvez contra o Cruzeiro possa estar com a gente", finalizou.