Botafogo pega o Ceará na briga para se afastar da degola

Alvinegro carioca tem quatro pontos à frente do rival de hoje, que aparece no Z-4

Por

Botafogo vai enfrentar o Flamengo às 19 horas, no estádio do Engenhão
Botafogo vai enfrentar o Flamengo às 19 horas, no estádio do Engenhão -

Rio - Com a missão de se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Botafogo volta a campo nesta segunda, às 20h, na Arena Castelão, diante do Ceará, que está no Z-4, com quatro pontos a menos do que o próprio Alvinegro carioca.

Com Marcinho cumprindo suspensão por ter levado o terceiro cartão amarelo no clássico diante do Vasco, Luis Ricardo deve aparecer no time titular na lateral direita. Jean e Valencia, lesionados, seguem fora da equipe. Jean sentiu dores na coxa esquerda no jogo contra o São Paulo, no dia 30 de setembro, não se recuperou e completará três jogos longe do time. Já Valencia, com uma lesão na panturrilha direita, estará ausente pela quinta partida.

A novidade na escalação deve ser a entrada de Gilson na lateral esquerda no lugar de Moisés, que começaria no banco. Pimpão também tem chance de ser titular na vaga de Erik. Bochecha, que deixou a partida contra o Vasco, na terça-feira, com dores no joelho direito, viajou com a delegação para o Ceará, mas é dúvida. Marcelo Benevenuto aparece como principal substituto. A novidade na lista de relacionados para a partida no Castelão é a presença de Leandrinho.

JEJUM DESDE A DÉCADA DE 80

A última vitória do Botafogo na capital cearense sobre o Vovô pela Série A do Campeonato Brasileiro aconteceu nos anos 80, há 38 anos. Naquela ocasião, o Ceará foi superado por 3 a 1, e o torneio ainda se chamava Taça Ouro. Os gols dos visitantes foram de Mendonça, Perivaldo e Cláudio Adão, enquanto os cearenses descontaram com Jorginho.

No Z-4 do Brasileirão, o Ceará entra em campo hoje pressionado pela vitória. O time do técnico Lisca tem 30 pontos e um jogo a menos não disputou a 28ª rodada, por conta do adiamento da partida com o Cruzeiro, no Mineirão, para o dia 24.

 

Comentários