Botafogo vence Internacional por 1 a 0 e se afasta de vez da zona da degola

Alvinegro agora sonha com uma possível vaga na Libertadores

Por O Dia

Erick marcou um belo gol para o Botafogo
Erick marcou um belo gol para o Botafogo -

Rio - O Botafogo embalou de vez no Brasileiro e não para de subir na tabela nesta reta final. Sem muita dificuldade, o Glorioso superou o então vice-líder Internacional por 1 a 0 no Nilton Santos, gol de Erik, e chegou à inédita quarta vitória seguida no ano. Com o resultado, ganhou mais duas posições e agora é o nono, a seis pontos do G-6 faltando três rodadas. Já o Colorado caiu para terceiro.

Em ritmo lento, o primeiro tempo teve total domínio do Botafogo. Na verdade, nem parecia que o Internacional ainda disputa o título, tamanho o marasmo colorado. Bom para o Glorioso, que pouco foi incomodado, com exceção de um cruzamento para a área em que Rabello quase fez contra.

Mesmo com o domínio, o Botafogo também foi muito lento. Só que mostrou mais organização no meio de campo para chegar ao ataque. O time soube o que fazer, mas não conseguiu criar. Tanto que as melhores chances saíram dos pés de Leo Valencia, em duas faltas cobradas. O primeiro tempo se encaminhava para o 0 a 0 quando Erik e Luiz Fernando resolveram trocar de lado em campo.Então, Matheus Fernandes cruzou da direita e Erik aproveitou falha de Zeca para matar no peito e chutar para abrir o placar aos 41.

 

Após o intervalo, o Internacional apresentou uma postura menos passiva, mas nada que preocupasse o Botafogo, que seguiu tentando controlar a partida tocando a bola. Quando acelerou, o glorioso criou duas boas chances, parando em Marcelo Lomba. O goleiro espalmou chute de Marcinho e saiu nos pés de Brenner, cara a cara. Gatito só foi trabalhar aos 17 da segunda etapa e não por causa do Internacional, totalmente inoperante no ataque: Brenner cabeceou contra o próprio gol em cruzamento e o goleiro espalmou.

Nos 15 minutos finais, o Botafogo teve mais espaço para o contra-ataque e só não ampliou por falta de capricho de seus jogadores. Leo Valencia recebeu sozinho na área e, ao tentar driblar Marcelo Lomba, enrolou-se com a bola. E Rodrigo Pimpão também teve sua chance desperdiçada ao tentar encobrir o goleiro e chutar mal. O preciosismo só não foi punido porque Gatito salvou ao pultar no canto em chute de Rodrigo Moledo.