Matheus Fernandes -  Vítor Silva/SSPress/Botafogo
Matheus Fernandes Vítor Silva/SSPress/Botafogo
Por O Dia

Rio - O volante Matheus Fernandes assinou contrato e foi anunciado pelo Palmeiras, que pagará ao Botafogo R$ 15 milhões por 75% dos direitos do jogador. Porém, o Alvinegro já tem que lidar com um novo problema: a Justiça determinou a penhora de R$ 6,4 milhões.

O valor é referente a uma ação do técnico Oswaldo de Oliveira, que comandou o time do Botafogo em 2012 e 2013. De acordo com o site Globoesporte.com, a decisão foi tomada pela juíza substituta da 14ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio (TRT-RJ).

Vice-presidente jurídico do clube, Domingos Fleury informou que ainda cabe recurso. Segundo ele, a decisão contraria a determinação do juiz titular, que já indeferira o pedido de penhora feito pelos representantes do treinador.

"O Botafogo já está tomando as providências para reverter essa penhora, que é descabida. Entramos com recurso", declarou Fleury ao site. E acrescentou que o valor pedido pelo técnico pode ser reconsiderado porque ainda não houve audiência entre as partes e não começaram as negociações por um possível acordo.

Você pode gostar
Comentários