Botafogo retoma a confiança para mais uma decisão, agora na Sula

Vindo de três vitórias, próximo desafio será segurar o Defensa y Justicia, um dos líderes do Campeonato Argentino

Por O Dia

Alex Santana espera um duelo dos mais difíceis com o Defensa y Justicia na Sul-Americana
Alex Santana espera um duelo dos mais difíceis com o Defensa y Justicia na Sul-Americana -

Rio - Depois de três vitórias seguidas e aliviado com a classificação à próxima fase da Copa do Brasil, o Botafogo busca reencontrar a paz. Único dos grandes fora das semifinais da Taça GB, o Alvinegro viu subir muito a temperatura interna e a pressão sobre o técnico Zé Ricardo logo no começo da temporada. Porém, reencontrou o rumo.

Destaque do time na vitória de 2 a 0 sobre o Campinense, o volante Alex Santana — trocado com o Internacional por Rodrigo Lindoso — marcou pela primeira vez no novo clube. E foi um golaço, com uma bomba de fora da área, uma de suas principais características. Empolgada, a torcida alvinegra encheu as redes sociais de elogios ao jogador.

"Desde o início da minha carreira, trabalhei muito esse fundamento (os chutes de fora da área) e continuarei me dedicando cada vez mais. Pude acertar um belo chute e ajudar o Botafogo a garantir a classificação", frisou o volante.

Na semana que vem, o Botafogo terá um enorme desafio: buscar a vaga na segunda fase da Sul-Americana. Como venceu por 1 a 0 o Defensa y Justicia, semana passada, no Niltão, o time terá a vantagem do empate. Se balançar a rede, poderá perder por até um gol de diferença. Mas, para suportar a pressão de um dos líderes do Campeonato Argentino será preciso ter muita organização.

"O bom momento do nosso time é muito importante, mas não podemos achar que está tudo certo. Sabemos que o Defensa y Justicia é um adversário extremamente complicado. Eles são os únicos invictos no Campeonato Argentino. As vitórias servem para dar confiança, mas precisamos manter os pés no chão", advertiu Alex Santana, já apelidado pelo companheiro Erik de Yaya Santana, em referência ao volante marfinense Yaya Touré, que jogou no Barcelona e no Manchester City.

 

Comentários