Heroico, Botafogo vence o CSA, de virada, e sobe para o 4º lugar no Brasileiro

Alex Santana, aos 48 minutos do segundo tempo, decreta o primeiro triunfo alvinegro atuando fora do Rio na competição. Cícero fez o outro gol da equipe de Eduardo Barroca

Por O Dia

Cícero estica a perna esquerda para fazer o primeiro gol do Botafogo, após receber passe de Diego Souza
Cícero estica a perna esquerda para fazer o primeiro gol do Botafogo, após receber passe de Diego Souza -

O Botafogo foi heroico para quebrar o jejum de vitórias fora do Rio neste Campeonato Brasileiro. Com gols de Cícero e Alex Santana, aos 48 do segundo tempo, venceu o CSA, de virada, por 2 a 1, ontem, no Estádio Rei Pelé, e subiu para a quarta posição na tabela. A ordem, agora, é derrotar o Grêmio, quarta-feira, no Nilton Santos, e se manter no G-4 antes da paralisação da competição para a Copa América.


O primeiro tempo foi franco, com as duas equipes buscando o ataque. Diego Souza, logo aos sete minutos, mandou a bola no travessão. O CSA deu o troco aos 17, em finalização de Cassiano rente à trave de Diego Cavalieri, substituto de Gatito Fernández, que está com a seleção paraguaia para a Copa América.
Alex Santana, aos 27, teve outra boa chance de marcar para o Alvinegro, enquanto Jonatan Gomez, aos 32, obrigou Cavalieri a outro milagre, em finalização de fora da área. O goleiro ainda teve trabalho para defender chute perigoso de Matheus Savio, aos 42, e impedir que o CSA abrisse o placar.


A adrenalina e o ritmo frenético foram mantidos na segunda etapa. Os donos da casa quase balançaram a rede em finalizações de Matheus Savio, aos oito, e Cassiano, aos 10 — Cavalieri brilhou —, quando Luciano, aos 16, aproveitou cochilo da defesa alvinegra, após lançamento de Apodi, e, de cabeça, fez 1 a 0 para o CSA.


O Botafogo, que levara perigo em finalização de João Paulo, aos nove, para bela defesa de Jordi, não se abateu com a desvantagem no placar. Prova disso foi a chance que Diego Souza teve, aos 27, obrigando Jordi a difícil defesa. O lance manteve o Botafogo aceso na busca pela virada, que saiu aos 37, em finalização de Cícero após passe de Diego Souza, e aos 48, em chute de Alex Santana encobrindo Jordi.

 

Galeria de Fotos

Cícero estica a perna esquerda para fazer o primeiro gol do Botafogo, após receber passe de Diego Souza Itawi Albuquerque/Agif/Estadão Conteúdo
Botafogo enfrentou o CSA Reprodução

Comentários